15 perguntas e respostas sobre Trespasse de Negócios

Trespasse de Negócios

Trespasse de Negócios: O que precisa de saber?

O trespasse de negócios é uma transação que ocorre quando o titular de um estabelecimento
comercial transfere a propriedade e a exploração desse negócio para outra pessoa ou empresa, conhecida
como comprador. Essa prática é comum no mundo dos negócios e pode oferecer várias
vantagens e desvantagens tanto para o vendedor quanto para o comprador.

Decreto-Lei n.º 47344, Artigo 1118.º.

O que é trespasse e como funciona?

O trespasse de negócios é um processo pelo qual o titular de um negócio transfere a propriedade e a
gestão desse negócio para outra pessoa ou empresa. Geralmente, o vendedor recebe uma compensação
financeira pelo valor do trespasse, que inclui o goodwill do negócio, ativos físicos, contratos,
clientela, entre outros elementos.

Quer Trespassar o seu negócio?

Publique o seu anúncio de Trespasse no Portal e App Venda de Empresas.pt, a nível nacional e internacional! CLIQUE AQUI AGORA E SAIBA MAIS.

Milhares de investidores nacionais e internacionais, estão em Venda de Empresas.pt à procura de oportunidades de negócio de Trespasse e Empresas para Venda em Portugal!

Desde 2020, Mais de 860 mil visualizações de investidores e Mais de 85 mil contactos gerados. Investidores com origem, entre outros, dos seguintes principais países: Portugal, Estados Unidos, Brasil, França, Países Baixos, Suíça, Reino Unido, Índia, Finlândia, África do Sul e China.

Diogo Torres
Indiscutivelmente, a melhor empresa de venda de empresas em Portugal! Profissionalismo, eficiência e um serviço de excelência caracterizam esta empresa. Demonstram um compromisso inabalável com a satisfação do cliente. Recomendo vivamente a quem procura um serviço de qualidade e resultados concretos!
Bruno Araújo
Fiquei surpreendido pela positiva com a qualidade e seriedade do serviço prestado. Os consultores demonstraram uma grande disponibilidade, orientando-me em cada etapa da venda. Foram transparentes e honestos em todas as comunicações, o que me proporcionou confiança ao longo de todo o processo. Estou grato pelo seu apoio e pelo excelente resultado alcançado em conjunto.
Tiago Vaz
A minha experiência na venda de empresa foi simplificada graças ao serviço excecional prestado por esta equipa. Conseguiram encontrar um comprador que partilhava a minha visão para o futuro do negócio. Destaco o seu compromisso e dedicação ao sucesso do cliente. Recomendaria sem hesitação a qualquer pessoa que pretenda vender a sua empresa com sucesso.
Bruno Silva
Fiquei bastante satisfeito com o profissionalismo da Venda de Empresas.pt. Realizei um investimento numa empresa que me trouxe imensa satisfação! A comunicação foi excecional, a equipa demonstrou-se sempre pronta a fornecer ajuda desde a identificação e análise de oportunidades até a elaboração de contratos. Agradeço imensamente pelo excelente trabalho realizado. Recomendo muito os respetivos serviços.
Carlos Correia
Agradeço muito ao Dr. Miguel Rosa, ao Dr. José Carlos e ao Dr. Claudio e a toda a equipa de profissionais que trataram da venda de uma das minhas empresas. Sem sombra de dúvidas, são a melhor empresa de consultoria neste setor em Portugal! Estou muito satisfeito com todos os serviços prestados, desde a avaliação completa da empresa até o anúncio internacional confidencial, que resultou em muitos contatos de investidores, além do serviço de intermediação da venda.
Tomás Arouca
Obrigado pela ajuda valiosa que me foi dada e todo o excelente serviço prestado! A melhor plataforma de Compra e Venda de Empresas em Portugal. Serviços de excelência na consultoria de avaliação de empresas, promoção e intermediação de venda.
Filipe Campos
A nossa experiência foi muito positiva! Desde o primeiro contacto até ao fecho do negócio, a equipa demonstrou um profissionalismo exemplar e um forte compromisso com os nossos interesses. A metodologia deles, desde a avaliação abrangente até ao suporte completo durante o processo de venda, foi muito profissional. Graças à sua experiência e rede de potenciais compradores, conseguimos alcançar um acordo que superou as nossas expectativas.
João Maia
A avaliação meticulosa da empresa, aliada ao profissionalismo e à experiência dos consultores, foram fatores cruciais para o sucesso da venda.
henrique khalleb
Recentemente, tive o privilégio de utilizar os serviços especializados desta empresa e fiquei muito satisfeito. A sua abordagem abrangente, meticulosa e profissional superou as minhas expectativas em todos os aspetos. O apoio completo e muito profissional durante todo o processo foi inestimável. Recomendo!
Bruno Esteves
Em primeiro lugar, quero realçar o profissionalismo, a abordagem personalizada adotada e a confidencialidade assegurada no processo. Eles compreenderam profundamente os detalhes e as especificidades do meu negócio. Além disso, a comunicação transparente e regular proporcionou-me tranquilidade ao longo de todo o processo, mantendo-me sempre informado sobre os desenvolvimentos mais recentes e as decisões a serem tomadas. O conhecimento profundo do mercado foi evidente em cada interação. Este nível de profissionalismo e visão foi crucial para garantir que a transação fosse conduzida de forma eficiente e sem contratempos. Gostaria também de destacar a integridade demonstrada pela equipa em todos os momentos. Eles agiram sempre no melhor interesse da minha empresa. Se procura uma empresa de confiança, experiente e comprometida para o ajudar na venda da sua empresa, não hesite em contactá-los. Eles não só entregam resultados, como garantem uma experiência positiva do princípio ao fim.

Quais são os benefícios e desvantagens do trespasse para o comprador e o vendedor?

Para o vendedor, o trespasse de negócios pode ser uma maneira de obter retorno financeiro sobre o
investimento realizado no negócio. Além disso, o vendedor pode se beneficiar da transferência
da responsabilidade da gestão do negócio para o comprador.

Já para o comprador, o trespasse pode representar uma oportunidade de adquirir um negócio
em funcionamento, com uma base de clientes estabelecida e fluxo de receitas. No entanto,
desvantagens podem incluir o alto custo inicial de aquisição e a possibilidade de herdar
problemas existentes no negócio.

Quais são os principais passos envolvidos em um processo de trespasse?

Um processo de trespasse geralmente envolve as seguintes etapas:

a) Negociação: O comprador e o vendedor negociam os termos e condições da transação,
incluindo o preço, prazos, condições de pagamento, entre outros.

b) Avaliação do negócio: Ambas as partes podem conduzir uma avaliação do negócio para
determinar seu valor justo.

c) Due diligence: O comprador realiza uma análise detalhada do negócio, examinando
documentos, contratos, registos financeiros, entre outros, para garantir que não haja
problemas ocultos.

d) Elaboração do contrato de trespasse: Um contrato é elaborado, definindo os termos da
transação, incluindo a transferência de propriedade e aquisição dos ativos do negócio.

e) Conclusão da transação: Após a assinatura do contrato, a transação é concluída e o
pagamento é realizado.

Quais documentos legais são necessários para concluir um trespasse?

Para concluir um trespasse de negócios, geralmente são necessários os seguintes documentos legais:

Contrato de trespasse: Esse contrato formaliza a transferência de propriedade e gestão do
negócio.

Inventário: Um inventário detalhado de todos os ativos, incluindo equipamentos, stocks,
móveis, entre outros.

Contratos e acordos: Todos os contratos e acordos relacionados ao negócio, como contratos
de locação, contratos de fornecedores, contratos de clientes, entre outros.

Registros financeiros: Isso inclui demonstrações financeiras, declarações de impostos, balanços
patrimoniais, registros de vendas, entre outros documentos financeiros relevantes.

Licenças e autorizações: Documentos que comprovam que o negócio está devidamente
licenciado e em conformidade com as regulamentações aplicáveis.

Como determinar o valor de um trespasse?

O valor de um trespasse pode ser determinado por diferentes métodos, como:

Avaliação de ativos: Avaliação dos ativos físicos, stocks, equipamentos, móveis e outros
itens incluídos no negócio.

Avaliação de goodwill: Considera-se o valor intangível do negócio, como a reputação, a
clientela estabelecida e a localização.

Análise financeira: Examinar os registos financeiros para avaliar a lucratividade e o potencial
futuro do negócio.

Comparação de mercado: Analisar transações semelhantes no mercado para ter uma
referência dos valores praticados.

Quais são as obrigações do comprador e do vendedor durante um trespasse?

Durante um trespasse de negócios, o vendedor deve fornecer ao comprador todas as informações
necessárias sobre o negócio, incluindo registos financeiros, contratos, acordos e outros
documentos relevantes. O vendedor também é responsável por garantir que todas as
obrigações legais sejam cumpridas antes da transferência.

Por sua vez, o comprador deve conduzir uma due diligence completa para garantir que está
adquirindo um negócio viável. Além disso, o comprador é responsável por realizar o
pagamento acordado e assumir todas as obrigações e responsabilidades relacionadas ao
negócio após o trespasse.

Quais são os principais riscos envolvidos em um trespasse?

Existem alguns riscos envolvidos em um trespasse de negócios, tais como:

Risco financeiro: O negócio pode não ser tão lucrativo como inicialmente pensado, resultando
em dificuldades financeiras para o comprador.

Risco operacional: Problemas internos, como má gestão, podem
afetar a continuidade do negócio.

Risco de reputação: A reputação do negócio pode ser prejudicada por problemas passados ou
pela má gestão do comprador.

Para mitigar esses riscos, é essencial realizar uma due diligence completa, obter assessoria
jurídica adequada.

O que acontece com os funcionários de uma empresa durante um processo de trespasse?

Durante um trespasse de negócios, os direitos dos funcionários são protegidos por lei. Geralmente, os
funcionários são transferidos para o novo proprietário do negócio, mantendo seus direitos
adquiridos, antiguidade, benefícios e condições de trabalho.

O comprador é responsável por respeitar os contratos de trabalho existentes, garantir os
direitos dos funcionários e cumprir as obrigações legais relacionadas aos empregados. Isso
inclui o pagamento de salários, benefícios e a manutenção de um ambiente de trabalho
seguro.

É importante que o comprador e o vendedor comuniquem aos funcionários sobre o trespasse e forneçam informações claras sobre como a transição afetará seus empregos. Isso ajudará a garantir uma transição suave e a manutenção de um bom relacionamento com a equipa.

Quais são as diferenças entre trespasse e fusão/aquisição?

A fusão e a aquisição envolvem a combinação de duas ou mais empresas em uma nova entidade ou a compra de uma empresa por outra.

No trespasse de negócios, o foco está na transferência de ativos de um negócio em funcionamento. Já na fusão e aquisição, o objetivo é combinar ou adquirir empresas para expandir o alcance, ganhar sinergias ou obter vantagens competitivas.

Quais setores são mais propensos a envolver trespasse de negócios?

O trespasse de negócios pode ocorrer em vários setores, mas é mais comum em restaurantes,
bares, lojas de retalho, salões de beleza, clínicas médicas, escritórios profissionais, entre outros.

Esses setores são propícios ao trespasse, pois envolvem estabelecimentos comerciais estabelecidos, com clientela regular e ativos tangíveis.

Quais são os critérios a serem considerados ao procurar um negócio para trespasse?

Ao procurar um negócio para trespasse, é importante considerar alguns critérios, tais como:

Setor de negócio: Identificar setores com procura estável e potencial de crescimento.

Localização: Avaliar a localização do negócio e sua acessibilidade para clientes.

Rentabilidade: Analisar a lucratividade do negócio e seu histórico financeiro.

Condição do negócio: Verificar a condição dos ativos físicos, equipamentos e stocks.

Clientela: Avaliar a base de clientes existente e sua fidelidade.

Potencial de crescimento: Identificar oportunidades de expansão e melhorias no negócio.

Como negociar os termos e condições de um trespasse de forma eficaz?

Para negociar os termos e condições de um trespasse de forma eficaz, é importante:

Realizar uma pesquisa de mercado para obter informações sobre os valores praticados em
negociações semelhantes.

Definir claramente seus objetivos e limites financeiros.

Considerar o valor do goodwill, ativos tangíveis e intangíveis do negócio.

Envolver profissionais, como advogados e contabilistas, para orientar o processo de negociação.

Ser flexível e estar disposto a chegar a um acordo mutuamente benéfico.

Documentar todos os acordos e termos negociados em um contrato de trespasse.

Realizar uma due diligence completa para garantir que todas as informações sejam precisas e transparentes.

Comunicar-se abertamente e manter um diálogo construtivo com o vendedor para resolver quaisquer preocupações ou questões que possam surgir durante as negociações.

Quais são as implicações fiscais de um trespasse para o comprador e o vendedor?

Tanto o comprador quanto o vendedor devem estar cientes das obrigações fiscais associadas à

transação.

Para o vendedor, a venda do negócio pode resultar em ganhos de capital sujeitos a impostos. É
importante consultar um contabilista para entender as implicações específicas e as estratégias para minimizar a carga tributária.

Para o comprador, é essencial considerar os efeitos fiscais da aquisição, como a transferência
de obrigações fiscais existentes, dedutibilidade de despesas relacionadas à transação e
possíveis incentivos fiscais disponíveis.

Existem alternativas ao trespasse para transferência de negócios?

Sim, existem alternativas ao trespasse para a transferência de negócios. Alguns exemplos
incluem:

Venda de quotas ou ações: Em vez de transferir apenas o negócio, o vendedor pode optar por vender as quotas ou ações da empresa, transferindo assim a propriedade total da empresa, incluindo todos os seus ativos e passivos.

Sucessão familiar: Em alguns casos, o proprietário pode optar por transferir o negócio para um membro da família, mantendo assim a continuidade familiar.

Franchising: Em vez de vender o negócio como um todo, o proprietário pode optar por transformá-lo em uma franquia, permitindo que outros indivíduos operem unidades semelhantes sob uma marca estabelecida.

Cada alternativa tem suas próprias vantagens e desvantagens, e é importante considerar os objetivos, necessidades e circunstâncias específicas ao escolher a melhor opção de transferência de negócios.

Quais recursos de financiamento estão disponíveis para ajudar na conclusão de um
trespasse?

Existem diversos recursos de financiamento disponíveis para auxiliar na conclusão de um
trespasse de negócios. Alguns deles incluem:

Empréstimos bancários: Os bancos podem fornecer empréstimos comerciais para financiar parte ou totalidade do valor do trespasse. Esses empréstimos podem ter condições e taxas de juros variadas, dependendo da instituição financeira e da análise de crédito do comprador.

Investidores privados: Investidores interessados no setor do negócio em questão podem estar dispostos a fornecer financiamento em troca de participação ou retorno sobre o investimento.

Financiamento do vendedor: Em alguns casos, o vendedor pode estar disposto a fornecer financiamento ao comprador, permitindo o pagamento parcelado do valor do trespasse ao longo do tempo.

Crowdfunding: Dependendo do tipo de negócio e da sua atratividade para investidores, o crowdfunding pode ser uma opção viável para obter financiamento por meio de contribuições de um grande número de pessoas.

É importante explorar todas as opções disponíveis para determinar a melhor estratégia de financiamento para concluir com sucesso o trespasse de negócios.

Conclusão sobre Trespasse

O trespasse de negócios é uma transação complexa que envolve a transferência de propriedade e gestão de um negócio existente. Tanto o vendedor quanto o comprador devem estar cientes dos benefícios, desvantagens e implicações legais e financeiras envolvidas nesse processo.

Uma negociação bem-sucedida de trespasse requer uma cuidadosa avaliação do valor do negócio, uma due diligence completa, a elaboração de contratos adequados e a consideração de fatores como funcionários, obrigações fiscais e financiamento.

Ao considerar um trespasse de negócios, é essencial avaliar cuidadosamente todas as opções e buscar
informações e orientações relevantes para tomar decisões informadas e maximizar as chances
de sucesso nessa transação empresarial.

Milhares de investidores nacionais e internacionais, estão em Venda de Empresas.pt à procura de oportunidades de negócio de Trespasse e Empresas para Venda em Portugal!

Publique o seu anúncio de Trespasse no Portal e App Venda de Empresas.pt, a nível nacional e internacional! CLIQUE AQUI AGORA E SAIBA MAIS.

8e820e5a9f829e5bf38be115f5502c9d.jpg

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *