4 métodos para calcular preço de venda

como calcular preco de venda de uma empresa

Como calcular preço de venda de uma empresa? Existem vários métodos de avaliação que podem ser usados, com maior ou menor nível precisão e de análise técnica. Conheça neste artigo 4 métodos de avaliação. Os dois primeiros são mais simples e podem ser utilizados para calcular já o preço de venda da sua empresa.

Métodos para calcular preço de venda de uma empresa

“Múltiplos do EBITDA”

Um método simplificado para cálculo do valor da empresa é através da utilização dos “múltiplos do EBITDA.”  Geralmente, o múltiplo usado é cerca de quatro a seis vezes o EBITDA, ou seja se a sua empresa tem um EBITDA de €100.000 o valor económico da empresa não poderá superar os €600.000.

E se pretender vender só 50% da empresa?  Nesse caso, o valor seria €300.000 pela aquisição de 50% da sua empresa. No entanto, os compradores e investidores irão pressionar por uma avaliação mais baixa – por exemplo, usando uma média do EBITDA da empresa nos últimos anos como um número base.

Com base neste método, em muitos dos setores de atividade, o valor de venda não supera 6 vezes o valor do EBITDA. Muitas vezes, é usada a média dos últimos três anos para efeitos de cálculo do valor da transação.

NOTA: O EBIIDA é o Lucro da empresa, antes de juros, impostos e amortizações.

Valor do património

Se o forte da sua empresa são os ativos, deverá optar por uma avaliação pelo “método patrimonial” calculando o valor dos ativos da empresa.

O valor patrimonial da empresa consiste na soma de todos os seus ativos, desde máquinas a edifícios, de carros a equipamentos, de produtos a capital. Será necessário descontar as dívidas e compromissos financeiros.

Por comparação

Pode-se usar o método comparativo. Para isso procuram-se empresas do mesmo setor, com produtos e clientes semelhantes. Através da média setorial consegue-se encontrar um valor para a empresa.

Fluxo de Caixa Descontado (DCF)

O fluxo de caixa descontado (DCF) é um método de avaliação usado para estimar o valor de um investimento com base em seus fluxos de caixa futuros esperados. A análise do DCF tenta descobrir o valor de um investimento hoje, com base nas projeções de quanto dinheiro ele irá gerar no futuro.

Isso se aplica às decisões de investidores em empresas ou valores mobiliários, como adquirir uma empresa, investir em uma startup de tecnologia ou comprar ações, e para proprietários e gerentes de negócios que procuram fazer orçamento de capital ou decisões de despesas operacionais, como abrir uma nova fábrica ou compra ou aluguel de novos equipamentos.

O fluxo de caixa descontado (DCF) ajuda a determinar o valor de um investimento com base em seus fluxos de caixa futuros.. O valor presente dos fluxos de caixa futuros esperados é obtido usando uma taxa de desconto para calcular o DCF. Se o DCF estiver acima do custo atual do investimento, a oportunidade pode resultar em retornos positivos. As empresas normalmente usam o custo médio ponderado de capital para a taxa de desconto, pois leva em consideração a taxa de retorno esperada pelos acionistas. O DCF tem limitações, principalmente porque se baseia em estimativas de fluxos de caixa futuros, que podem se revelar imprecisas.

Como calcular Preço de Venda de uma Empresa

https://youtu.be/ot3NGwRXCBM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Translate 18 languages »